Me Dá Um Fone De Ouvido?

Quem ainda não se deparou com os "DJ's urbanos", certamente não vive no século XXI. Essa moda de ouvir música em volume extremo a ponto de incomodar quem está ao redor, representa os limites que estão sendo ultrapassados pelas pessoas. Mostrando que o respeito e os valores sociais estão cada vez mais escassos na vida cotidiana.
Quem nunca teve aquele vizinho chato, que aumenta ao máximo o volume do som? ( a minha vizinha ainda canta junto) E aquele motorista sem noção que em pleno engarrafamento, quer distrair-se colocando seu som automotivo para todos ouvirem? Ou o mais comum: seu dia de aula ou trabalho foi exausto, a única coisa que vc quer é entrar no ônibus (parabéns se vc tem carro) e chegar em casa, contudo um engraçadinho senta ao seu lado e logo vai escutando música nas alturas!
A primeira  coisa que pensamos, aliás sentirmos, é raiva. E obviamente estamos certos. Nos sentimos incomodados, frustados com essa atitude nada educada dessas pessoas. Comigo essa situação pra lá de degradável já ocorreu inúmeras vezes. Em certas ocasiões, me senti tão incomodada que pedi ( com uma pitada de raiva): "Por favor, você poderia diminuir o volume?". E graças a Deus esse apelo acabou funcionando.
Então surge a pergunta: essas pessoas não poderiam ao menos ouvir seu barulho em um volume mais baixo? Ou, no caso dos "dj's de ônibus", usarem o tão popular fone de ouvido? A resposta é tão clara quanto a pergunta: sim!!! O que falta mesmo é a consciência das pessoas e acima de tudo o respeito. Em Porto Alegre, uma lei aprovada pela  Câmara de Vereadores já prevê multa para quem pratica esse ato. Contudo, é válido ressaltar, que se a sociedade fosse promotora dos valores morais, não existiria  a necessidade da criação dessa lei. Mas, como boa parcela dos indivíduos ainda persistem na ignorância: MULTA NELES!

Nenhum comentário:

Postar um comentário