Jogos Vorazes

OBS:Antes de aprofundar o assunto, quero deixar claro que essa postagem refere-se apenas ao filme Jogos Vorazes, não ao livro (ainda nem sequer li, mas pretendo, claro)


Há algum tempo (uns dois meses...) tive a oportunidade de ver o filme "Jogos Vorazes" na companhia de uma amiga. Inicialmente aceitei ver o filme por falta de opções mesmo, resolvi pesquisar sobre ele para saber do que se tratava e a sinopse que encontrei realmente deixou-me curiosa. Eis aqui o que encontrei no site Adoro Cinema :
"Num futuro distante, boa parte da população é controlada por um regime totalitário, que relembra esse domínio realizando um evento anual - e mortal - entre os 12 distritos sob sua tutela. Para salvar sua irmã caçula, a jovem Katniss Everdeen (Jennifer Lawrence) se oferece como voluntária para representar seu distrito na competição e acaba contando , com a companhia de Peeta Melark (Josh Hutcherson), desafiando não só o sistema dominante, mas também a força dos outros oponentes."
O filme foi uma grande surpresa. O que me conquistou não foram os atores, os efeitos, ou as lutas "brutais", mas a crítica social que ele contém. Os participantes são submetidos a esse "jogo" para mostrar o poder de controle da Capital (o regime totalitário).  Os Jogos Vorazes são na verdade um reality show, uma versão psicopata do Big Brother , pois quando chegam na arena o objetivo de cada participante é manter-se vivo, e para isso precisam matar uns aos outros. O que ironiza o lema dos jogos: "E que a sorte esteja sempre a seu favor". 
Os manipulados não são apenas as pessoas que vivem nos distritos, mas também os cidadães da Capital. Esse show da realidade distrai essas pessoas, oferecendo o que elas querem ver.
Trazendo para os dias de hoje, os participantes desse jogo somos todos nós. Sim, toda sociedade "moderna". Somos submetidos a todo momento ao regime do controle. Imagine essa nação do filme, chamada Panem: é uma sociedade que ainda não existe. Mas existem pontos semelhantes entre ela e a sociedade atual. Como é o caso, dos moradores da Capital que encaram o jogo como algo "natural", elegem seus favoritos e torcem fervorosamente por eles. Na nossa realidade, os programas de tv fazem de tudo para nos deixar grudados na tela, nos distraem, não nos mostram o que é necessário mas sim aquilo que queremos ver. São grandes exemplos o Pânico na TV, fazem de tudo para gerar "humor", ou até o Big Brother Brasil que expõem seus participantes ao extremo, mostrando suas intimidades, fraquezas e claro seus  conflitos e desentendimentos entre si. E não é isso que queremos ver?
Somos controlados e nem percebemos. Sofremos limitações e encaramos com naturalidade.
Outra questão que quero ressaltar é a "polemica" em relação do filme ser visto por muitos como o sucessor de Harry Potter e da Saga Crepúsculo. Ah francamente, não acho legal vermos essas séries de livros e filmes como se fossem inimigos uns dos outros. É possível sim ser fã até mesmos das três séries! Agora o que acontece é que as pessoas costumam generalizar as coisas, intitulando de bom ou ruim conforme o seu gosto... mas esse assunto será uma nova postagem! E que a sorte esteja sempre a seu favor....

9 comentários:

  1. Olá!
    Estou super curiosa para assistir esse filme. Muita gente está falando bem.
    Concordo com você: as séries não são inimigas, e quem pensa assim sai perdendo e deixa de conhecer ótimos livros ou filmes por pré-conceito.

    Adorei o blog.
    Beijos,
    Gaby

    http://pitadadecultura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gaby! Obrigada por aceitar a parceria ^^)
      É uma pena q os fãs das séries pensem assim.
      Fico feliz por ter gostado do blog!
      Bjos Srta Lili Potter

      Excluir
  2. É por isso que não gosto muito de ver Tv. Nada contra quem vê, mas, não vejo graça nenhuma no BBB ou no Panico (OK, eu assisto panico as vezes).
    Ainda não vi o filme, mas pelo que você falou, as pessoas veem esses jogos como se fossem naturais. Elas nem ligam para quem tá morrendo. Não criticam. E não é isso que a sociedade faz? Assisti tudo como se fosse natural.
    Adorei o post. Bjs

    Ps: seu primeiro blog? Bem vinda a blogosfera. ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Mari, a sociedade se considera "moderna", mas ainda conserva ideias primitivas. Ainda precisamos evoluir.
      Ah eu tinha outro blog, mas ñ deu muito certo =( obrigada pelas boas vindas ^^
      bjos, Srta Lili Potter

      Excluir
  3. eu amo essa série ela é demais diferente e real,e adorei a sua resenha você leu ela muito a realidade!
    http://jeitointelect.blogspot.com
    Assim aceito afiliação!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mari, realmente essa série é super demais!
      Fico feliz por vc aceitar a filiação!
      Já coloquei o link do Jeito Intelect no nosso menu de parceria!
      Bjos Srta Lili Potter

      Excluir
  4. Oi, que bom que gostaste do filme. Eu fui bem interessada... não li o livro, mas tinha visto comentários já.
    Curti muito as categorias do blog, são coisas sobre as quais também curto escrever e ler.


    liliescreve.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom q vc gostou das categorias ^^)
      Realmente essa é uma ótima série.
      Ah somos charas ñ é Lili?
      Bjos, Srta Lili Potter

      Excluir
  5. AH , meninas só um aviso: eu segui o blog de todas vcs, pelo meu twitter. Vou avisar a Jéssica para seguir também! ^^ bjos

    ResponderExcluir